Viagora

Bombeiros atendem áreas afetadas pelas chuvas em Teresina

Segundo o Corpo de Bombeiros, a atuação aconteceu nos bairros mais afetados da zona Norte.

Nesse domingo (2), o Corpo de Bombeiros do Piauí, junto aos órgãos municipais de Teresina, aturam no auxílio à população afetada pelas fortes chuvas que caíram na capital.

De acordo com o capitão Erisman, que coordena a equipe do CBMEPI, 10 homens estão realizando o trabalho de coordenação, resgate, orientação à população e retirada de bens das casas alagadas até casas de acolhimento.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíCorpo de Bombeiros atuando nas áreas de riscoCorpo de Bombeiros atuando nas áreas de risco

Segundo o Corpo de Bombeiros a atuação aconteceu nos bairros mais afetados da zona norte; Olarias, Boa Esperança e Mafrense. A ação tem como objetivo fazer o resgate da população isolada pela água, além do trabalho de retirada dos bens que ficaram presos em casas alagadas e transporte até zona segura. O capitão reforça a importância de procurar casa de parentes ou zonas seguras em caso de alagamento.

“O CBMEPI recomenda evitar o contato com a água das chuvas, ter cuidado com fiações elétricas e, em caso de alagamento, caso a casa seja invadida pelas águas, procurar casa de parentes fora da zona de risco”, aconselha o capitão Erisman.

Período de chuvas

O Corpo de Bombeiros também faz algumas recomendações neste período de chuvas para a população evitar riscos. O tenente Eduardo, do CBMEPI, instrui a população a evitar as enxurradas e entrar em contato com as águas de áreas alagadas.

“Caso tenha enxurradas, a pessoa que estiver no carro, deve evitar enfrentar a enxurrada. Estacione o carro em local seguro e aguarde a chuva passar. Caso esteja na rua e seja surpreendido pelas enxurradas, devem procurar abrigo, evitar o contato com áreas alagadas por diversos motivos, como a leptospirose, perigos submersos, como bueiro destampado, um buraco, uma galha de árvore, fios descascados, além de animais silvestres fugindo dos alagamentos como cobra e jacarés”, pede o tenente.

Com informações do Governo do Piauí.

Facebook
Indicado para você
Veja também