Viagora

Procon autua 17 postos de combustíveis por irregularidades em Teresina

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor fiscalizou 40 postos na manhã desta sexta (11) na capital piauiense.

Na manhã desta sexta-feira (11), o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) fiscalizou cerca de 40 postos de combustíveis na cidade de Teresina e autuou 17 pelo aumento antecipado do preço do combustível.

Segundo o Procon, três equipes realizaram vistoria em diferentes postos da capital, onde o preço da gasolina chegou a R$ 8,19. 

De acordo com o órgão ministerial, o trabalho teve início às 8h da manhã e contou com três equipes que fiscalizaram postos em todas as regiões da capital. Ao todo, foram vistoriados 40 estabelecimentos. Os estabelecimentos estão passíveis à aplicação de multa que varia entre 600 e 10 milhões de reais. Os postos autuados têm o prazo de 15 dias para apresentarem defesa.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraPosto de Gasolina
Posto de Gasolina

“Do número de postos autuados, 14 representam locais que aumentaram de forma antecipada o preço do combustível. Já os outros três estão relacionados ao não fornecimento do produto ao consumidor sob alegação de que não havia em estoque, fato este que não foi comprovado no momento”, disse o chefe de Fiscalização do Procon, Arimatéa Area Leão.

A fiscalização ocorre após o anúncio da Petrobras de reajuste nos preços de venda da gasolina e do diesel que iriam ficar respectivamente, 18% e 25% mais caras para às distribuidoras. A medida foi definida após 57 dias sem reajuste nos valores.

Nesta manhã, os postos de combustíveis de Teresina registraram o preço da gasolina à R$ 7,99, à vista com o valor chegando até R$ 8,19 a prazo, além disso o diesel também apresentou uma elevação custando R$ 7,99.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Procon-PI

Facebook
Indicado para você
Veja também