Viagora

Homem é condenado a 40 anos de prisão por homicídios em Bom Princípio

Segundo o Ministério Público do Piauí, a condenação foi obtida na última terça-feira (22), através da Promotoria de Justiça de Buriti dos Lopes.

Na última terça-feira (22), o Ministério Público do Piauí (MPPI), por meio da Promotoria de Justiça de Buriti dos Lopes, obteve a condenação de José Carlos da Silva pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e por meio que impossibilitou a defesa da vítima, no município de Bom Princípio do Piauí.

Segundo o MPPI, os crimes vitimaram Leôncio Alves da Silva e Antônio Francisco de Sousa Silva. A Promotora de Justiça Francineide de Sousa Silva atuou como representante do Ministério Público na sessão do Tribunal do Júri.

Conforme o Ministério, os crimes aconteceram em janeiro de 2019, na localidade Mundo Novo, zona rural do município de Bom Princípio do Piauí.

Na ocasião, o conselho de sentença acatou na íntegra a tese sustentada pelo MPPI de homicídio duplamente qualificado, pelo motivo fútil e por meio que impossibilitou a defesa da vítima. Por esse crime, José Carlos da Silva foi condenado a 40 anos, sete meses e 15 dias de reclusão, e mais um ano e 15 dias de detenção por porte irregular de arma de fogo.

A Promotora de Justiça Francineide de Sousa Silva disse “que não recorrerá da sentença por entender que a dosimetria da pena aplicada foi suficiente para fins de reprimenda nos termos legais em razão dos ilícitos perpetrados por José Carlos da Silva”.

Facebook
Indicado para você
Veja também