Viagora

Promotor quer aumento do número de PMs em São Pedro do Piauí

De acordo com o Ministério Público do Piauí, devido a demanda do município a quantidade de policiais lotados é irrisório para o atendimento na região.

Nessa segunda-feira (18), o Ministério Público do Piauí, através da Promotoria de Justiça de São Pedro, expediu recomendação administrativa para que o 18º Batalhão da Polícia Militar de Água Branca, adicione mais cinco policiais militares no município de São Pedro do Piauí, em um prazo de 10 dias. A ação foi destinada ao comandante do BPM, Ten. Cel. Ruy Nunes Cordeiro.

Conforme o MPPI, o documento foi assinado pelo Promotor de Justiça Nielsen Silva Mendes Lima, considerando a inspeção promovida no Grupamento de Polícia Militar de São Pedro do Piauí em dezembro de 2021.

Segundo o representante do órgão ministerial, durante a vistoria foi constatado que quatro policiais compõem o efetivo do município. O número de militares em municípios vizinhos como Agricolândia são três policiais, já em São Gonçalo e Santo Antônio dos Milagres chega a cinco militares, em cada.

No documento o promotor ressalta que devido a demanda do município a quantidade de policiais lotados no Grupamento de Polícia Militar de São Pedro do Piauí é irrisório para o atendimento na região.

“Nesse sentido, é inegável que diante da área demográfica, incidência criminal e modalidades criminais praticadas no município, o quantitativo de policiais é totalmente insuficiente”, explica o representante do MPPI.

Por fim, o representante do órgão ministerial enfatiza que se a recomendação não for cumprida pelo Batalhão da Polícia Militar haverá adoção de medidas judiciais cabíveis para que sejam responsabilizados futuramente.

O promotor pede que as providências adotadas, bem como os documentos de cumprimento da recomendação do MPPI, sejam encaminhadas a PJ de São Pedro do Piauí em um prazo de 10 dias úteis.

Facebook
Indicado para você
Veja também