Viagora

Ciro e Elmano confirmam início do rebaixamento da Avenida João XXIII

Segundo o senador Elmano Férrer, o balão da Ladeira do Uruguai deixará de existir consequentemente reduzindo o trânsito no local, pois a região é um dos pontos de maior congestionamento da capital.

Nesta quarta-feira (20), o senador Elmano Férrer e o ministro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira, discutiram em uma audiência sobre o início das obras do rebaixamento da Avenida João XXIII, localizada na altura da Ladeira do Uruguai. A previsão é para que a ordem de serviço seja assinada no começo de maio pelo Ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Ao explicar sobre o projeto o parlamentar ressaltou que a obra prevê a construção de uma trincheira de 780 metros de comprimento, com até 9 metro de profundidade, passando por baixo da Avenida Zequinha Freire.

Foto: Divulgação/AscomMinistro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira, e senador Elmano Férrer.
Ministro da Casa Civil, senador Ciro Nogueira, e senador Elmano Férrer.

Dessa forma, o Elmano Ferrer aponta que o balão da Ladeira do Uruguai deixará de existir consequentemente reduzindo o trânsito no local, pois a região é um dos pontos de maior congestionamento da capital, diariamente são quase 30 mil veículos que trafegam pela via.

“Estamos muito felizes em poder concretizar mais essa grande obra de infraestrutura em Teresina. Quem entra ou sai da capital pela Avenida João XXIII não vai mais sofrer com trânsito no local. Vamos garantir mais fluidez aos veículos e reduzir os acidentes na região”, afirma Elmano Férrer.

Conforme o senador, para a execução do rebaixamento da avenida, que será promovido pelo DNIT/Piauí, já foi destinado quase R$ 20 milhões. A obra deve ser concluída em um prazo de dois anos.

Por fim, o parlamentar ressalta que a intervenção faz parte do Contorno Rodoviário de Teresina, obra que recebeu R$ 30 milhões de investimento através de emendas parlamentares de Elmano Férrer com o objetivo de construir o Viaduto do Mercado do Peixe e Viadutos Rodoferroviários. Férrer enfatiza a importância da obra e ressalta que 33 mil veículos transitam pela região diariamente.

“Esse é o maior projeto de mobilidade urbana em execução na capital piauiense”, pontua.

Facebook
Indicado para você
Veja também