Viagora

Polícia Militar recebe 45 bicicletas para patrulhamento em Teresina

Segundo o Coronel Sheiwann Lopes, a modalidade de ciclopatrulhamento se inicia no dia 25 de junho, na solenidade de comemoração do aniversário da Polícia Militar do Piauí.

  • Isadora Cavalcante/ Viagora Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI. 1 / 5 Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI.
  • Isadora Cavalcante/ Viagora Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI. 2 / 5 Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI.
  • Isadora Cavalcante/ Viagora Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI. 3 / 5 Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI.
  • Isadora Cavalcante/ Viagora Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI. 4 / 5 Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI.
  • Isadora Cavalcante/ Viagora Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI. 5 / 5 Abertura Ciclopatrulhamento da PMPI.

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Militar do Piauí recebeu 45 bicicletas que serão empregadas no ciclopatrulhamento, a entrega aconteceu durante solenidade realizada no Quartel do Comando-Geral, localizado em Teresina. Participaram do evento o comandante geral da PM, Coronel Sheiwann Lopes, o capitão da Polícia Militar do Amazonas, Roberto Vieira, o empresário João Claudino Júnior que patrocinou o projeto e Jorge Lopes, coordenador de projetos estratégicos do Estado.

Segundo o comandante geral da PM, Coronel Sheiwann Lopes, a modalidade de ciclopatrulhamento se inicia no dia 25 de junho, na solenidade de comemoração do aniversário da Polícia Militar do Piauí. As bicicletas serão utilizadas inicialmente na capital Teresina.

“Vai ser implementado aonde já existe o policiamento da polícia militar em outra modalidade, que é a pé. Esses são os logradouros, praças públicas, local de passeio público e atividade esportiva, como da Marechal Castelo Branco, na Raul Lopes, no centro da cidade, em locais onde há a presença de público e que é um policiamento mais eficiente do que o motorizado”, explica.

Ainda conforme o Coronel, a nova modalidade vai funcionar como um policiamento complementar. “Eles vão estar em locais onde a viatura motorizada não vai estar até por questões de espaço. Então vai ser implementado como um policiamento complementar pela versatilidade, pela agilidade e pela proximidade com a população, é uma modalidade de policiamento comunitário”, ressalta.

O coronel ainda explicou o principal impacto de trazer o ciclopatrulhamento para a capital piauiense. “Esperamos que seja o melhor possível, isso é o tempo que vai dizer. Nós iremos colher o resultado e fazemos a análise. É apenas um projeto piloto que será implementado, e aí vai ser avaliado pelo estado maior. Os seus resultados vão ser catalogados, estatísticas, e dando resultado, vai ser efetivado na sua totalidade e ampliado se possível”, ressalta.

De acordo com o Coronel, o investimento para esse projeto piloto é zero e que as bicicletas foram doadas pela empresa Houston do grupo Claudino. “O investimento é a custo zero. Foi abraçado pela classe empresarial, a Houston fez a doação das bicicletas, a CDL os equipamentos, então eu só tenho a agradecer esse projeto piloto que em primeiro momento seria implementado pelo governo do estado, mas ele foi de pronto abraçado na sua totalidade pelos empresários, que fizeram questão de patrocinar ele. Então só temos a agradecer neste dia de hoje”, encerra.

O empresário João Claudino Junior, da Houston, que também estava na solenidade, explicou o motivo do interesse em patrocinar o projeto piloto da Polícia Militar. “Quando nós fomos abordados através do comandante Sheiwann Lopes e do secretário Antônio Neto a pouco mais de um mês atrás, onde nos apresentou o projeto para ciclopatrulhamento na cidade de Teresina pela polícia militar, nós rapidamente pudemos identificar uma série de benefícios que verdadeiramente através da polícia como guardiã da sociedade, poderia trazer para essa implementação de uma forma positiva para a cidade de Teresina e para onde mais eles desejarem levar”, explica.

Jorge Lopes, o coordenador de projetos estratégicos do estado do Piauí, explica que acredita que o projeto vai ser um sucesso, e que possivelmente vai ser levado também para cidades como Parnaíba. “Eu acredito que depois do sucesso que vai ter esse projeto, principalmente agora com essa aula inaugural, nós vamos trazer esse projeto para todo o estado do Piauí.

Por fim, o capitão da Polícia Militar do Amazonas, Roberto Vieira, que ministrou uma palestra e explicou como será o treinamento dos policiais militares para o ciclopatrulhamento, contou mais detalhadas sobre o treinamento.

“Esse é um treinamento de 40 horas, são cinco dias e vamos capacitar aproximadamente 60 policiais, em duas turmas. Essa capacitação vai ocorrer das 8 horas da manhã às 18 horas, e vai fazer com que o policial se torne apto a operar a bicicleta de forma segura. Então o policial vai receber treinamento para fazer uma abordagem, realizar disparos após o desembarque, transpor obstáculos, dentre outas situações que vão ser desenvolvidas no decorrer do curso”, ressalta.

O capitão Roberto ainda explica como é feito o ciclopatrulhamento em Manaus que será a base para cidade de Teresina. “O patrulhamento é feito no centro de Manaus, é feito também em parques públicos, passeios públicos, aqui em Teresina eu ainda vou conhecer presencialmente, mas a gente sabe que tem uma área de circulação de pessoas que praticam atividades físicas, praticam lazer, e lá também é empregado nesses locais, onde tem ciclofaixas, que é onde a viatura quatro rodas normalmente não consegue chegar. Então a ideia é essa, é levar o policiamento onde outras modalidades não conseguem alcançar,” encerra.

Facebook
Indicado para você
Veja também