Viagora

Central de Apoio do TJ-PI faz quase 3.000 atos processuais no 1º semestre

De acordo com o Tribunal de Justiça do Piauí, 2.997 atos processuais foram realizados de janeiro a junho de 2022.

Nesta terça-feira (12), o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), divulgou que a Central de Apoio aos Desembargadores - CADES realizou 2.997 atos processuais no 2º grau de jurisdição, nos meses de janeiro a junho de 2022.

De acordo com o coordenador da Central de Apoio aos Desembargador, o juiz Lirton Nogueira Santos, o objetivo da Central de Apoio aos Desembargadores é diminuir o acervo dos atos processuais com mais de cem dias de movimentação. “A principal função da Central de Apoio aos Desembargadores é contribuir para a redução do acervo no 2º grau de jurisdição. A equipe da CADES funciona em colaboração com o time dos gabinetes dos desembargadores, durante um tempo limitado”, contou o coordenador.

Foto: Divulgação/ TJPINova sede do Tribunal de Justiça do Piauí
Nova sede do Tribunal de Justiça do Piauí

Segundo a coordenadora ajunta da CADES, Vanessa Magalhães, o TJ-PI visa ofertar um serviço jurisdicional mais célere e eficiente. “Nós dividimos a nossa equipe em grupos, distribuindo entre os gabinetes, por ordem de solicitação. Recebemos a meta do desembargador e atuamos para cumpri-la ou superá-la. O objetivo de todos os gabinetes e da CADES é o mesmo: zerar o estoque de processos”, disse Vanessa Magalhães.

O Tribunal de Justiça do Piauí pontuou que 3.179 atos processuais foram realizados em abril de 2021, período em que a ação foi criada, até dezembro do mesmo ano.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

TJPI

Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também