Viagora

Operação Bota-fora cumpre mandados contra o tráfico em Elesbão Veloso

Conforme o órgão ministerial, a operação tem como objetivo realizar prisões e executar mandados de busca e apreensão relacionados a crimes de tráfico de drogas e outros delitos associados.

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (27), a Operação “Bota-Fora”, na cidade de Elesbão Veloso.  A ação é resultante de uma investigação em conjunto com o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) e a corporação.

Conforme o órgão ministerial, a operação tem como objetivo realizar prisões e executar mandados de busca e apreensão relacionados a crimes de tráfico de drogas e outros delitos associados, sobretudo corrupção de menores e furtos na cidade.

Ainda segundo o MPPI, durante a operação foram expedidos sete mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos ou estão em cumprimento. Além disso, a PM este em sete pontos de comercialização de drogas, conhecidas como “bocas de fumo”, realizando buscas.

Segundo a promotoria de Justiça do município, com o titular William Luz, a investigação foi instaurada com o objetivo de apurar suposta existência de uma organização criminosa que seria integrada por pessoas que praticavam crimes de tráfico e associação para o tráfico, bem como crimes contra o patrimônio.

De acordo com o MPPI, a prisão de quatro investigados na operação foi requerida ao Poder Judiciário pelo Ministério Público. Resultante desse pedido, uma pessoa já foi presa e a corporação permanece em diligências para prender os demais envolvidos.

O promotor de Justiça William Luz informou que neste momento os principais objetivos da operação foram: cessar a prática de crime de tráfico pelos investigados que tiveram prisão decretada; e contribuir para a diminuição dos índices de criminalidade no município, principalmente o de furtos noturnos, visto que, conforme o representante do MPPI, a maioria dos crimes contra o patrimônio perpetrados na cidade é praticada para alimentar o ciclo de tráfico.

O MPPI ainda destaca que as investigações permanecem acontecendo com o auxílio logístico da Polícia Civil e da Polícia Militar. Além disso, o órgão ministerial afirmou que a população pode ajudar nesta operação entrando em contato com a instituição ou as polícias em caso de novas informações.

Facebook
Indicado para você
Veja também