Viagora

Homem é condenado a 27 anos de prisão por matar mulher em Altos

Conforme o MPPI, o acusado foi flagrado por câmeras de circuito fechado de televisão levando a mulher ao local e algumas horas depois retornando sem ela.

Nessa segunda-feira (04), o Tribunal Popular do Júri condenou o réu Edmilson Nunes Brandão, denunciado pelo assassinato de Cleudia Maria Medeiros de Sousa, a 27 anos de prisão no município de Altos.

No julgamento o promotor de Justiça Maurício Gomes de Sousa representou o Ministério Público do Piauí. A sessão foi presidida pelo Juiz de Direito da Comarca de Altos, Ulysses Gonçalves da Silva Neto.

Conforme o Tribunal, a vítima foi encontrada sem vida no dia 14 de agosto de 2021, em um açude na cidade. O acusado foi flagrado por câmeras de circuito fechado de televisão levando a mulher ao local e algumas horas depois retornando sem ela.

Ainda segundo a Justiça, o exame pericial cadavérico apontou que a vítima morreu por asfixia com fratura do pescoço, e não por afogamento, como o acusado havia alegado. No momento da prisão, Edmilson foi encontrado em posse de roupas e outros objetos que pertenciam a mulher.

De acordo com o MPPI, a promotora de Justiça Márcia Aida de Lima Silva, foi responsável por elaborar a denúncia, datada de 01 de setembro de 2021. A tese do órgão ministerial foi acolhida pelo Conselho de Sentença, dessa forma o acusado foi condenado por homicídio qualificado pelo emprego de meio cruel.

Ainda segundo o MPPI, o juiz-presidente fixou a pena a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Facebook
Indicado para você
Veja também