Viagora

Imepi fiscaliza produtos de material escolar na cidade de Teresina

As equipes de fiscalização estão empenhadas em examinar o aspecto quantitativo e de medida, visando garantir mais segurança aos pais e consumidores na hora da compra do material escolar.

Nesta quinta-feira (25), o Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (Imepi) realizou a perícia dos produtos de material escolar, coletados em estabelecimentos comerciais em Teresina. A ação foi promovida pelo setor de Pré-medidos na sede do órgão, localizado no Avenida Barão de Gurguéia.

As equipes de fiscalização estão empenhadas em examinar o aspecto quantitativo e de medida, visando garantir mais segurança aos pais e consumidores na hora da compra do material escolar, além de coibir a comercialização de produtos irregulares no comércio.

Foto: Divulgação/Governo do PiauíImepi fiscaluza produtos de material escolar em Teresina
Imepi fiscaliza produtos de material escolar em Teresina

Segundo a coordenadora do setor de Pré-medidos, Mayra Freire, passam por perícia objetos como lápis, cadernos, papel A4, caneta esferográfica e giz de cera. Os materiais escolares estão sendo apurados com anuência do fabricante no laboratório.

“Nós realizamos a contagem do material e o peso do produto em massa. Por exemplo, a descrição da embalagem de uma cola ou massa de modelar contam com o peso total do produto, que é verificado durante a perícia. No caso de uma resma de papel, é feito a contagem de folhas e a medida do material para garantir que os pais não sejam lesados”, explica a coordenadora.

Operação Aulas Seguras

O Imepi realizou, neste mês de janeiro, a Operação Aulas Seguras junto aos órgãos delegados do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O setor da Qualidade do Imepi fiscalizou em cerca de 12 mil produtos infantis a veracidade do selo do Inmetro e a existência de matéria nocivo às crianças.

A diretora-geral do Imepi, Patrícia Leal, afirmou que o órgão permanecerá realizando as fiscalizações de rotina para o combate de produtos de material escolar falsificados. “Em caso de irregularidade, ressaltamos que o consumidor pode enviar uma denúncia para o telefone da Ouvidoria do instituto: (86) 99456-1921”, finaliza a gestora.

Facebook
Indicado para você
Veja também