Viagora

Teresa Britto propõe pagamento de bolsa para órfão de feminicídio

Segundo a deputada, muitas crianças e adolescentes ficam desassistidas após sua mãe ser assassinada e seu pai preso por ter cometido o crime

Nessa segunda-feira (11), a deputada estadual Teresa Britto (PV), anunciou na Assembleia Legislativa, que pretende propor um indicativo de lei para garantir uma bolsa de assistência à crianças e adolescentes que tiveram mães vítimas de feminicídio.

Segundo a deputada, muitas crianças e adolescentes ficam desassistidas após sua mãe ser assassinada e seu pai preso por ter cometido o crime, ela afirmou que é dever do estado prover tal assistência a essas crianças. Teresa Britto (PV), também comentou que espera que a governadora Regina Sousa adote e atenda essa proposta.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputada Teresa Britto
Deputada Teresa Britto

 “Espero que a governadora Regina Sousa adote a nossa proposta e atenda essa demanda, pois é necessário que exista essa bolsa que possa suprir as necessidades básicas dessas pessoas que ficam sem mãe e sem pai e são ainda incapazes de prover o próprio sustento. É cada vez mais crescente o número de casos de feminicídio, gerando tragédias não só no Piauí, mas em todo o Brasil”, disse a deputada.

Durante a sessão ela também comentou sobre duas leis de sua autoria e soram sancionadas, a lei 7.776, de 8 de abril de 2022, que proíbe o despejo de efluentes industriais em correntes diretamente em rios, lagos, represas e cursos de água. A segunda lei mencionada pela deputada foi a lei 7.777, de 8 de abril de 2022, que determina a colocação de cartazes em ônibus intermunicipais com informações sobre os benefícios da vacina e de sua dosagem completa.   

por Amanda Santiliana

Facebook
Indicado para você
Veja também