Viagora

Piauí terá Núcleo de Saúde mental para atender pessoas em sofrimento psíquico

Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio pode se tornar um serviço de referência no estado e trazer benefícios para a população que precisa desse tipo de atendimento.

Nessa quinta-feira (11), o Secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, juntamente com a equipe de Gerência de Atenção à Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), foram ao Ambulatório Dirceu Mendes Arcoverde para visitar o local onde ficará situado o Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio.

Segundo o secretário, Neris Júnior, com o Núcleo de Prevenção é possível ter um serviço de referência no estado e trazer benefícios para a população que precisa desse tipo de atendimento. “Será possível ter um serviço de referência estadual para o atendimento de pessoas que vivenciam sofrimento psíquico associado a comportamento suicida. A equipe multidisciplinar qualificada vai fazer toda a diferença para reduzir os casos de violência autoprovocada da população piauiense, diminuindo as taxas de mortalidade por suicídio” diz o gestor.

De acordo com Virginia Pinheiro, Gerente de Atenção à Saúde Mental da Sesapi, o Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio tem como objetivo atender pessoas que estão em sofrimento psíquico com comportamentos suicidas que estão sendo monitoradas por Serviços de Atenção Básica, Centros de Atenção Psicossocial, Rede Hospitalar e Rede Intersetorial. “Acolher pessoas com ideação suicida ou que tentaram suicídio, articulando com as Redes de Atenção um cuidado compartilhado é o nosso foco”, afirma.

Conforme a Sesapi, o Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio realizará o acolhimento do público-alvo através de triagem de demandas espontâneas ou reguladas, atendimento multidisciplinar de psicólogos, psiquiatras, assistente social e terapeuta ocupacional; haverá escuta qualificada e intervenções diretivas pela equipe com acolhimento e orientações aos familiares da pessoa atendida pela equipe. Outro serviço que será realizado através do núcleo, será a dispensação farmacológica e articulação com as Redes de Atenção para cuidado compartilhado.

Facebook
Indicado para você
Veja também