Viagora

Corpo de enfermeiro piauiense é encontrado com sinais de tortura em Brasília

Segundo informações da 15ª Delegacia de Polícia de Ceilândia, o caso é investigado como homicídio.

Na tarde dessa segunda-feira (04), um enfermeiro piauiense, do município de Bom Jesus, foi encontrado morto pelo proprietário do apartamento onde morava em Ceilândia, localizada no Distrito Federal. O corpo da vítima possuía sinais de tortura e estava amarrado.

Segundo a 15ª Delegacia de Polícia de Ceilândia, o caso é investigado como homicídio, mas conhecidos do enfermeiro afirmaram que ele era homossexual, por isso há um questionamento quanto a motivação do crime se poderia configurar-se como crime de ódio.

No entanto, de acordo com a Polícia Civil, a hipótese ainda está sendo apurada pelos investigadores envolvidos no caso do enfermeiro piauiense que se mudou para Brasília em 2020, como afirmava através de suas redes sociais.

Ainda conforme a Polícia, os vizinhos relataram que o jovem saiu para beber com amigos na última sexta-feira (01) e não foi mais visto. Diante da situação de desaparecimento do jovem, o proprietário do apartamento decidiu entrar no local onde o enfermeiro já foi encontrado sem vida.

A 15ª Delegacia de Polícia de Ceilândia está investigando o caso.

Com informações de G1 Distrito Federal

Mais conteúdo sobre:

Instituto Médico Legal - IML

Facebook
Indicado para você
Veja também