Viagora

Soldado da PM é morto com tiro na cabeça por sargento no DF

O soldado Yago Monteiro Fidelis morreu após ser baleado nesse domingo (14), por um sargento, que depois tirou a própria vida.

Na tarde desse domingo (14), o soldado da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF), Yago Monteiro Fidelis, morreu após ser baleado com um tiro na cabeça por um sargento da corporação. A ação aconteceu dentro de uma viatura quando a equipe estava fazendo patrulha no Recando das Emas.

De acordo com a polícia, o autor dos disparos é o segundo-sargento Paulo Pereira de Souza, que estava sentado na parte de trás do carro e teria atirado contra a vítima que conduzia o veículo. Logo depois, o colega de farda tirou a própria vida.

Ainda segundo a PM, um terceiro policial estava na viatura, ele foi identificado como Diogo Carneiro dos Santos e conseguiu escapar antes de ser atingido pelos disparos.

Yago chegou a ser socorrido e encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O sargento Diogo relatou que a vítima tinha planos de casar e recentemente comprou um novo apartamento. O agente de segurança ainda afirmou que os dois conversavam sobre a vida dentro do carro enquanto o autor dos disparos permanecia calado, ouvindo tudo.

Em nota, a Polícia Militar do Distrito Federal prestou condolências a amigos e familiares dos sargentos e enfatizou a importância das ações de acolhimento à saúde mental dentro da corporação.

Com informações do Metrópoles.

Mais conteúdo sobre:

policia militar

Facebook
Indicado para você
Veja também