Viagora

Deputados aprovam voto de pesar pela morte do prefeito de Madeiro

O requerimento foi de autoria do presidente Themístocles Filho (MDB) e foi aprovado por unanimidade.

Nesta segunda-feira (29), a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, na sessão plenária um voto de pesar pela  morte do prefeito de Madeiro, Zé Filho.

O requerimento foi de autoria do presidente Themístocles Filho (MDB) e foi aprovado por unanimidade. Vários deputados estaduais lamentaram o falecimento. Francisco Limma (PT), Franzé (PT), Georgiano Neto (PSD), Gustavo Neiva (PSB), Hélio Isaías (Progressistas), Janaínna Marques (PTB), Júlio Arcoverde (Progressistas), Lucy Soares (Progressistas), Marden Meneses (PSDB) e Themístocles Filho utilizaram as redes sociais para relembrar as ações do prefeito e enviar mensagens aos familiares lastimando o assassinato ocorrido na tarde do domingo (28). Gessivaldo Isaías (Republicanos) utilizou a tribuna para enviar as suas condolências à família e aos moradores de Madeiro. 

  • Foto: DivulgaçãoPrefeito de MadeiroPrefeito de Madeiro

“Estive com o prefeito há 15 dias atrás e me entristece muito saber que a violência política não é ainda uma página virada em nosso estado”, escreveu o deputado Júlio Arcoverde, que é presidente estadual do Progressistas e correligionário de Zé Filho.

Os deputados Franzé e Marden Menezes classificaram como brutal a forma como o assassinato aconteceu. Qualificação semelhante foi feita por Francisco Limma:

“Durante nossa convivência política, Zé Filho sempre se portou de forma cordial e aberta ao diálogo. Que essa violência covarde, que abalou a todo povo de Madeiro e região, seja tratada com o rigor da lei”, publicou o parlamentar. Georgiano Neto, Gustavo Neiva e Janaínna Marques divulgaram mensagens de conforto à família e destacaram a atuação de Zé Filho como gestor. Eles afirmaram que a marca deixada pelo prefeito de Madeiro é de realizador e deixará uma grande lacuna no município.

Facebook
Indicado para você
Veja também