Viagora
Coluna do Viagora

Coluna do Viagora

Últimas notícias direto da redação!

Sindepol repudia ação de advogados na Central de Flagrantes de Teresina

Na manhã desta sexta-feira (03), o Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Estado do Piauí divulgou uma nota de repúdio contra  a ação de supostos advogados que estavam na Central de Flagrantes de Teresina após a detenção do advogado Marcus Vinícius Nogueira  que se envolveu em um acidente que matou uma pessoa e deixou três feridos, na noite dessa quinta-feira (2).

Conforme imagens que cirularam nas redes sociais, após a prisão do advogado, alguns colegas de profissão foram ao local e causaram bate-boca e tumulto no recinto.

  • Foto: Divulgação/Rede SocialConfusão após prisão de advogadoTumulto na Central de Flagrantes

"O SINDEPOL vai solicitar a instauração do Inquérito Policial para identificação e responsabilidade dos “advogados” envolvidos e após a identificação, irá representá-los no Conselho de Ética da OAB", diz um trecho da nota.

Ainda segundo a nota, na próxima segunda-feira a entidade sindical também tratará com o Delegado Geral sobre as medidas de segurança orgânica na Central de Flagrantes, e demais unidades policiais, solicitando a restrição no acesso às dependências das unidades, somente a servidores e quem estiver em atendimento.

  • Foto: DivulgaçãoAdvogado Marcos ViníciusAdvogado Marcos Vinícius

Confira a nota divulgada pelo sindicato na íntegra.

"O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Piauí vem a público manifestar repúdio à atitude de supostos advogados que tentaram impedir o trabalho do Delegado Danilo Barroso durante plantão na madrugada de hoje na Central de Flagrantes de Teresina. 

O SINDEPOL vai solicitar a instauração do Inquérito Policial para identificação e responsabilidade dos “advogados” envolvidos e após a identificação, irá representá-los no Conselho de Ética da OAB. 

Na segunda-feira, essa entidade sindical também tratará com o Delegado Geral sobre as medidas de segurança orgânica na Central de Flagrantes, e demais unidades policiais, solicitando a restrição no acesso às dependências das unidades, somente a servidores e quem estiver em atendimento.

Prestamos solidariedade ao Delegado, aos demais servidores da Central e também à família da vítima que perdeu a vida no acidente envolvendo o advogado que foi preso. 


 Higgo Martins Moura
Presidente do Sindepol"

Facebook
Indicado para você
Veja também