Viagora

Exposição "Faces de Liz Medeiros" lembra vida e obra da artista piauiense

Serão expostas telas, serigrafias, instalações e gravuras, na Casa da Cultura, entre 1° e 15 de agosto.

Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarPintura de Liz Medeiros(Imagem:Divulgação)Pintura de Liz Medeiros
Através de suas obras, as diversas expressões da artista plástica piauiense, Liz Medeiros, serão exibidas na exposição “Faces de Liz Medeiros”, que homenageará os 20 anos de trabalho da artista falecida há 10 anos. Serão expostas telas, serigrafias, instalações e gravuras, na Casa da Cultura, entre 1° e 15 de agosto.

As telas coloridas, com expressão de rostos e mensagens, marcam o trabalho da artista. “Queremos compartilhar com a sociedade a produção artística marcada pelas cores e alegria expressa nos trabalhos, além de alavancar a importância de toda a sua produção”, relata a irmã da artista, Eugênia Medeiros.

A produção artística de Liz Medeiros também é voltada para o público infantil. Com o projeto ‘Picoler’, a artista buscou fomentar a aproximação das crianças com o universo da leitura, usando livros ilustrados dispostos dentro de carrinhos de picolé, que passeavam pelos bairros de Teresina.

“Ela ilustrou muitos livros infantis e sempre teve uma preocupação com esse público. A exposição mostrará o projeto Picoler, que foi criado em 2002”, esclarece Eugênia Medeiros.

A exposição terá cerca de 140 obras dispostas, entre pinturas em tela (tintas óleo e acrílica), paredes, gravuras, serigrafias, mosaicos, pintura em tecido, ilustrações de jornais, revistas e livros infantis, entre outros. O Governo do Estado, através da Coordenadoria de Comunicação (CCom), apóia o evento.

A artista

A artista plástica, Liz Medeiros, nasceu em Teresina, em 20 de janeiro de 1958 e faleceu em junho de 2003. Consagrada como uma das maiores artistas plásticas do Piauí, formou-se em Belas Artes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e, no mesmo estado, participou de diversos cursos no Museu de Arte Moderna.
Facebook
Indicado para você
Veja também