Viagora

Renovação de passaporte e CNH servem como prova de vida no INSS

De acordo com o presidente do INSS, José Carlos, a partir desta nova norma a medida que implica em cerca de 36 milhões de beneficiários será feita pelo próprio governo.

Nesta quarta-feira (02), o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), José Carlos Oliveira, anunciou que os aposentados, pensionistas e outros titulares de benefícios pagos não terão mais que fazer a prova de vida de forma presencial.

De acordo com o presidente do INSS, a partir desta nova norma a medida que implica em cerca de 36 milhões de beneficiários será feita pelo próprio governo, conforme os dados públicos e privados que verifica se a pessoa está viva.

“A partir de agora, a obrigação de fazer a prova de vida é nossa, do INSS. Como faremos? Com todas as bases de todos os órgãos do governo. Nós faremos a busca dessas bases, tanto no governo federal, estadual e municipal, e também em entidades privadas”, explicou o presidente do INSS.

Ainda segundo o INSS, a alteração na norma da prova de vida utilizará as bases de dados como consulta da renovação da carteira de identidade, do passaporte e a do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para registro de votação.

"Se renovou passaporte, se renovou carteira de identidade, se votou, se fez transferência de imóvel, de veículo, nós vamos aceitar isso como prova de vida. Faremos busca nas bases", explicou o presidente do INSS, José Carlos Oliveira.

“Se caso nós não encontrarmos um movimento do cidadão em uma dessas bases, mesmo assim o cidadão não vai precisar sair de casa para fazer a prova de vida. O INSS proverá meios, com parcerias que fará, para que essa entidade parceira vá à residência e faça a captura biométrica na porta do segurado”, ressaltou José Carlos.

A partir desta quinta-feira (03), a nova regra deverá ser publicada no Diário Oficial da União e entra em vigor. O governo informou ainda que o INSS tem um prazo até o dia 31 de dezembro para adotar todas as mudanças necessárias. Até este prazo quem não fizer a comprovação de vida não terá bloqueio de pagamento.

Com informações de Agência Brasil

Facebook
Indicado para você
Veja também