Viagora

Tio e avô são presos acusados de estuprar todas as crianças da família no Goiás

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal, o crime aconteceu durante três meses, quando as crianças passavam as férias na casa dos abusadores.

Após três meses de investigações, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) concluiu o inquérito policial sobre um caso de violência sexual cometido contra todas as crianças de uma mesma família no município de Mundo Novo, em Goiás. As autoridades apontaram o tio e o avô das vítimas como responsáveis pelo crime, os homens foram presos preventivamente nessa segunda-feira (04), através da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia).

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas são duas meninas de 09 e 12 anos, e um menino, de 08 anos. O crime aconteceu entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, em sequência, período em que as crianças passavam as férias na casa dos abusadores.

O caso foi descoberto em abril de 2022, após o pai das duas meninas perceber alterações no comportamento das filhas, uma delas se tornou extremamente introspectiva e não queria sair do quarto.

Ainda segundo a polícia, as crianças tiveram uma consulta na psicóloga onde foi identificado que elas poderiam ter sido vítimas de abuso sexual, logo após a profissional orientou que o pai fosse até a delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência.

Em depoimento especial à polícia, as meninas relataram que os estupros começaram quando estavam com medo de dormir sozinhas e decidiram ir para o quarto do tio.

O crime era praticado durante a madrugada quando o homem abaixava as roupas das vítimas e acariciava as partes íntimas delas. A menina de 12 anos narrou ainda que em outro momento o tio a levou para um local afastado, forçou beijos na boca e manteve relações sexuais com ela.

Após cometer os abusos, o homem ameaçava as crianças e dizia que deveriam manter em segredo porque ninguém iria acreditar nelas. As meninas eram obrigadas a tomar a pílula do dia seguinte e outros anticoncepcionais, além disso, se tentavam escapar dos abusos eram violentadas pelo próprio avô.

O pai das vítimas também prestou depoimento na delegacia e afirmou que a mãe delas sabia dos estupros desde 2021, mas nada fez para responsabilizar os criminosos e proteger as filhas.

Também foi relevado através das investigações que o menino de 08 anos foi violentado sexualmente pelo avô quando morava próximo da casa dele. Após finalizar a investigação, a polícia prendeu os criminosos em Goiânia e logo depois foram encaminhados para o Distrito Federal, onde estão à disposição da Justiça.

Com informações do Metrópoles

Facebook
Indicado para você
Veja também