Polícia

Acusado de esquartejar mulher no Rio de Janeiro é preso em Parnaíba

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso acusado de feminicídio nessa quinta-feira (1º).
02/07/2021 09h44 - atualizado

Nessa quinta-feira (01), a Polícia Civil do Piauí efetuou a prisão de um homem acusado de femínicídio contra sua companheira identtificada como Célia, em Parnaíba.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi esquartejada por Alexandre, em fevereiro deste ano no Rio de Janeiro.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilCélia CardosoCélia Cardoso

As investigações tiveram início após a denúncia de vizinhos de que Célia havia desaparecido. Segundo informações da polícia, partes do corpo da vítima foram encontradas em dias diferentes.

A prisão do acusado foi em parceria da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL) com a Polícia Civil do Rio de Janeiro. Além do crime de feminicídio, o suspeito é acusado de ter ocultado partes do corpo da vítima.

A polícia informou que o acusado deverá ser encaminhado para o estado do Rio de Janeiro, onde responderá ao processo.

O caso

No dia 09 de fevereiro deste ano, Célia Cardoso foi esquartejada após se negar a fornecer dinheiro ao acusado, que vivia às custas da companheira e possuía histórico de violência doméstica, na cidade do Rio de Janeiro.

Conforme a Polícia Civil, o acusado estava se comunicando com locatários de imóveis pertencentes a Célia e cobrando aluguéis, alegando que ela estaria com Covid-19.

Mais na Web