Polícia

Advogado Jefferson Costa é indiciado por estupro em Teresina

Segundo a titular da delegacia de proteção à mulher, a delegada Vilma Alves, o advogado foi indiciado pelo crime de estupro contra diarista.
24/07/2021 17h31 - atualizado

O advogado Jefferson Moura Costa foi indiciado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) pelo crime de estupro contra uma diarista, no último dia 14 de julho, dentro do apartamento onde ele mora na zona Leste de Teresina.

De acordo com a titular da Deam, a delegada Vilma Alves, o advogado que foi preso em flagrante foi indiciado pelo crime de estupro, considerado hediondo, sem ter direito ao pagamento de fiança.

  • Foto: DivulgaçãoAdvogado Jefferson MouraAdvogado Jefferson Moura

Ainda segundo delegada, os outros crimes em que o advogado Jefferson Moura também é acusado, como importunação sexual, também estão sendo investigados. Além da diarista, o advogado é acusado por mais quatro mulheres.

Atualmente, Jefferson Moura se encontra preso na Penitenciária Regional Irmão Guido, em Teresina, mas a defesa do acusado já solicitou à Justiça a transferência do advogado para uma sala de estado maior, ou que seja determinada a prisão domiciliar.

Mais na Web