Política

"Ainda está indefinido", diz Flávio Nogueira sobre saída do PDT

O deputado e outros três parlamentares haviam sido suspensos do partido em agosto por terem votado a favor da Reforma da Previdência.
01/11/2019 14h15 - atualizado

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) que estava suspenso do partido desde agosto, após ter votado a favor da Reforma da Previdência indo contra as orientações da sigla, retornou às atividades no último dia 14 de outubro.

  • Foto: Divulgação/Câmara dos DeputadosDeputado Flávio Nogueira (PDT).Deputado Flávio Nogueira (PDT).

O clima de mal-estar continua entre os parlamentares do PDT que votaram a favor da Reforma da Previdência e os que seguiram a orientação do partido. Em função disso, Flávio Nogueira e outros três parlamentares recorreram à Justiça pedindo a desfiliação partidária.

“Está tudo ainda indefinido da minha parte, eu entrei no Tribunal Superior Eleitoral e estou esperando resposta do relator, ministro Fachin, agora é esperar o desfecho, somente depois disso que eu posso estar dando uma definição”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

No entanto, o deputado federal disse que não irá afirmar nada no momento em relação à sua saída do partido e que aguarda respostas judiciais.

“O Tribunal Superior Eleitoral não vai me expulsar, será como se fosse um salvo conduto tipo ‘pronto se quiser sair do PDT, você pode sair, se quiser ficar sem partido por um tempo não há problema. Então como ainda não tem nada certo, isso pode sair a qualquer momento, eu vou deixar para dizer alguma coisa depois do veredito”, finalizou.

Mais na Web