Geral

Coordenadoria da Mulher lança campanha contra o feminicídio

Com a nova campanha, as ações da Coordenadoria da Mulher para prevenir a violência e crimes de feminicídeo serão permanentes
  • LUCAS KLISMAN
08/11/2019 17h30

Na manhã desta quinta-feira (7), a Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM-PI) lançou no auditório da Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seadprev), a campanha de Enfretamento ao Feminicídio. O evento voltado para os servidores estaduais contou com palestras.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíPalestra em lançamento da campanha de Enfrenamento ao FeminicídioPalestra em lançamento da campanha de Enfrenamento ao Feminicídio

Foram convidadas para palestrar a delegada Marília Vasconcelos, da Delegacia da Mulher de Caxias; a psicóloga Ludmilla Soares, especialista em Família e Políticas Públicas e a delegada Anamelka Cadena, diretora de gestão interna da Secretaria de Segurança Pública.

Com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre as violências que ocorrem no cotidiano, e para que as mulheres possam ter novas perspectivas, a Coordenadoria da Mulher realiza diversas ações, e agora com essa nova campanha, as ações serão permanentes, é o que conta a coordenadora geral, Zenaide Lustosa.

“A proposta é provocar a sociedade em relação a essas violências. Para isso, serão realizados 16 dias de ativismo envolvendo vários órgãos do governo, juntamente com a sociedade civil. Assim, visitaremos vários municípios, principalmente escolas, com ações de prevenção”, comenta a coordenadora.

Para a delegada da Delegacia da Mulher de Caxias, Marília Vasconcelos, que abordou em sua palestra sobre a violência contra a mulher em relação ao gênero, conta que muitas mulheres acham que violência é só física. “Um evento como esse é importante para esclarecer para essas mulheres esses aspectos e elas repassarem para as pessoas conhecidas”, comenta a delegada.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web