Esportes

Corisabbá arrecada fundos através da campanha Voo da Águia

Na segunda divisão do campeonato piauiense e sem patrocinadores, o clube pretende mudar sua situação financeira através de uma campanha de financiamento coletivo.
  • DA REDAÇÃO
13/05/2019 17h50 - atualizado

O Corisabbá, clube de futebol de Floriano, vive atualmente uma grande crise financeira. Na segunda divisão do campeonato piauiense, o clube encontra-se sem patrocinadores. Com o intuito de mudar a situação, Anderson Kamar, eleito presidente do clube em 26 de abril, está promovendo uma campanha para arrecadar fundos.

A ação, nomeada Voo da Águia, visa buscar o apoio dos torcedores do time e irá vender produtos personalizados com a marca do Corisabbá. O presidente afirmou que, mesmo com uma folha de pagamento modesta e contando apenas com atletas locais, ele assumiu o time com o caixa negativo.

Para continuar as atividades do clube, Kamar iniciou uma campanha de financiamento coletivo pela internet (vaquinha online), onde o torcedor que quiser apoiar o clube pode entrar no site e doar a quantia desejada. A meta, segundo Anderson Kamar, é arrecadar R$ 10 mil até 8 de julho, inicialmente.

Sobre o clube

Fundado em 24 de maio de 1973 na cidade de Floriano, o Corisabbá se originou da fusão de dois clubes amadores da cidade: o Corinthians (Cori) e o Auto-Posto Sabbá (Sabbá). Seu uniforme é composto de camisa com listras verticais pretas e brancas, calção preto e meias pretas. O local utilizado para os treinos e jogos do clube é o Estádio Tibério Barbosa Nunes, o "Tiberão", com capacidade para 4.200 espectadores.

Participou pela primeira vez do Campeonato Piauiense em 1991, vindo a ficar na oitava colocação, tendo como destaque o atacante Walberto que foi o artilheiro do campeonato com 15 gols. No ano de 1995, foi campeão piauiense em cima do Caiçara.

Mais na Web