Piauí

Dr. Macaxeira propõe reajuste salarial para apenas um funcionário

Na última segunda-feira (25), durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Redenção do Gurguéia foi apresentado mais um projeto sobre reajuste salarial proposto pelo prefeito.
31/03/2019 07h10 - atualizado

Na última segunda-feira (25), durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Redenção do Gurguéia foi apresentado mais um projeto sobre reajuste salarial proposto pelo prefeito Ângelo José Sena Santos, mais conhecido como Dr. Macaxeira.

De acordo com Marcos Rocha Amorim Filho, presidente do Partido Social Cristão da cidade, desta vez o pedido de aumento exclusivo é para o presidente da AERG –Companhia Municipal de Àguas e Esgoto, o ex-vereador Bertoldo Mendes cujo  salário atual é de R$ 2.300,00 e o aumento prevê que ele possa receber até R$ 4.500,00, caso seja aprovado.

No projeto diz que o aumento é por conta da grande demanda de serviços na zona urbana e rural.

  • Foto: DivulgaçãoProjeto de aumentoProjeto de aumento

Segundo Marcos Rocha, o aumento proposto pelo gestor fere o princípio da impessoalidade e moralidade. “O prefeito quer dar aumento a um único servidor. Fere o princípio da impessoalidade e moralidade e vai de encontro a situação financeira do município que tem um passivo trabalhista de mais de 300 mil reais, além dos passivos da justiça comum", afirmou.

  • Foto: Divulgação / FacebookPrefeito Angelo Jose Sena Santos, o Dr. Macaxeira.Prefeito Ângelo Jose Sena Santos, o Dr. Macaxeira.

Ainda sobre o assunto, o presidente do PSC municipal afirma: “Redenção está indo em desencontro ao Bolsonaro, enquanto ele quer tratar todos de forma igual, o prefeito de Redenção quer dar tratamento especial a um único funcionário. O aumento específico é imoral, pessoal e até inconstitucional, na minha opinião.

Outro lado

O Viagora procurou o gestor para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o prefeito não foi localizado.

Mais na Web