Piauí

Duas UBSs serão inauguradas nesta quarta-feira em Teresina

Conforme a Fundação Municipal de Saúde (FMS), neste ano de 2020 foram entregues outras cinco Unidades Básicas de Saúde na capital.
21/12/2020 18h10

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), informou que nesta quarta-feira (23) serão inauguradas duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sendo no bairro Gurupi e outra no Parque Poti, localizados na zona Sudeste da capital.  

Segundo a prefeitura, neste ano de 2020 foram entregues cinco novas UBSs nos bairros Buenos Aires, Hugo Prado, Soinho, Chapadinha Sul e Dagmar Mazza. A UBS do bairro Gurupi será a primeira de Teresina a ter médicos especialistas, além das equipes de Estratégia de Saúde da Família. A Unidade leva o nome do médico do Samu José Ivaldo de Oliveira, que foi vítima da Covid-19.

A UBS do Gurupi contém uma área construída de 452 metros quadrados, e será destinada ao atendimento da população que mora nos bairros Gurupi e Alto da Ressurreição, beneficiando cerca de 6 mil pessoas na zona Sudeste. A unidade contará com duas Equipes de Estratégia de Saúde da Família e médicos especialistas nas áreas de cardiologia, endocrinologia, dermatologia, psiquiatria e ginecologia. O investimento para a construção foi de R$ 993 mil reais.

“Em todas as UBS, os usuários também podem receber atendimento básico nas áreas clínicas. São ofertadas consultas médicas, odontológicas e de enfermagem, inalações, curativos, vacinas, exames, além do fornecimento de medicação e encaminhamento para consultas especializadas em outros pontos da rede”, afirma o diretor da atenção básica, Kledson batista.

Conforme a FMS, a outra unidade que será inaugurada também na quarta, às 11h, será a UBS do Parque Poti. Cerca de 7.800 pessoas serão beneficiadas com o funcionamento da nova Unidade Básica de Saúde Dr. Pedro Moreira Sobrinho. A UBS do Parque Poti tem área construída de 372 metros quadrados e irá atender a população residente nos bairros Vila Poti, Residencial Firmino Filho e Residencial Araguaia. Trabalharão no local duas equipes de Estratégia de Saúde da Família, compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde e dentistas.

Mais na Web