Piauí

Ex-prefeito de Agricolândia Antônio Barradas morre de AVC aos 64 anos

De acordo com nota divulgada pela família, o ex-prefeito estava internado desde a última quinta-feira (10), quando passou por uma cirurgia.
13/06/2021 13h30

Na noite desse sábado (12), o ex-prefeito da cidade de Agricolândia, o médico Antônio Ribeiro Barradas, morreu aos 64 anos em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) ocasionado por um aneurisma.

A morte do ex-prefeito foi confirmada por meio de uma nota divulgada pela família. Antônio Ribeiro Barradas estava internado desde a última quinta-feira (10), quando passou por uma cirurgia.

  • Foto: Divulgação/WhatsAppAntônio Ribeiro Barradas.Antônio Ribeiro Barradas.

O corpo foi velado em Teresina ainda no sábado e depois foi transladado para Agricolândia, onde foi sepultado neste domingo (13).

O médico foi prefeito de Agricolândia por dois mandatos (2001-2008) e atuava como clínico geral na cidade de Timon (MA) e em Teresina.

O atual prefeito de Agricolândia, Ítalo Alencar, divulgou uma nota de pesar nas redes sociais, lamentando a morte do ex-gestor e decretou luto oficial de três dias.

“A Prefeitura Municipal de Agricolândia lamento o falecimento do médico e ex-prefeito doutor Antônio Ribeiro Barradas. Nesse momento de dor a gestão municipal através do prefeito Ítalo Alencar decreta luto oficial por 3 dias”, diz um trecho da nota.

  • Foto: Divulgação/InstagramNota de pesar da Prefeitura de Agricolândia.Nota de pesar da Prefeitura de Agricolândia.

Confira a nota da família na íntegra:

“A Família do Médico Dr. Antônio Ribeiro Barradas, cumpre o doloroso dever de informar o falecimento dele na noite do dia 12 de junho, causada por um aneurisma, sendo grato por compartilhar conosco sua vida seus aprendizados e companheirismo, pedimos e rogamos a Deus sua misericórdia que e o receba e cuide do seu amado filho que retorna as mansões celestial e súplica em tempo de tamanha dor. Queremos agradecer todas as mensagens de solidariedade conforto e carinho.

Assina: Família Barradas.”

Mais na Web