Geral

Fundação Wall Ferraz recebe R$ 523 mil para realizar cursos

O objetivo principal é capacitar estas 1.400 mulheres prioritariamente as cadastradas nos programas bolsa família e minha casa minha vida, nas zonas urbana e ru
    09/07/2012 13h11

    Imagem: ReproduçãoClique para ampliarPresidente, Francisco Oliveira(Imagem:Reprodução)Presidente, Francisco Oliveira
    O prefeito de Teresina, Elmano Ferrer, assinou o convênio que autoriza a realização de cursos para profissionalizar e inserir mulheres no mercado de trabalho. Foram destinados R$ 523 mil para capacitar 1.400 mulheres. É um convênio com a Secretaria de Políticas para mulheres da presidência da república, para realização do projeto “profissionalizar mulher”.

    O objetivo principal é capacitar estas 1.400 mulheres prioritariamente as cadastradas nos programas bolsa família e minha casa minha vida, nas zonas urbana e rural da capital, visando a inserção no mercado de trabalho e a criação de cooperativas/associações de mulheres. Desta forma, proporcionará um aumento do ganho econômico e de iniciativas empreendedoras das mulheres. “Agora vamos ver estes cursos acontecerem. Fico feliz por esta conquista. É um avanço”, destaca o prefeito Elmano Ferrer.

    Este projeto foi elaborado pelo Núcleo de Projetos da Fundação Wall Ferraz que foi criado para trazer recursos para Teresina na área de capacitação, formado pelas assistentes sociais Josilene Neres e Suely Soares.

    A Fundação Wall Ferraz é que vai executar este projeto. As matrículas destes cursos iniciarão em agosto, serão 10 modalidades de cursos. “A Fundação realiza cursos já autorizados e isto vai facilitar o acesso e garantir mais segurança para aqueles que ministram e participam destes cursos. Desta forma, vamos continuar a desenvolver cursos sempre de acordo com as exigências do mercado de trabalho”, afirmou o presidente da Fundação Wall Ferraz, Francisco Oliveira. Através deste projeto a Fundação promove a capacitação e qualificação profissional possibilitando acesso ao mercado de trabalho.

    Oliveira destaca ainda, que a Fundação prioriza capacitação e por isso possui vários projetos e programas em desenvolvimento como o programa “Emprega Jovem”, uma parceria com Secretaria Municipal da Juventude (SEMJUV) que já qualificou mil jovens. “Estes jovens, que receberão o certificado nesta quinta-feira (05) já estão inseridos no mercado de trabalho o que representa uma inclusão social imediata. Nós temos como meta, neste programa, habilitar três mil jovens”, pontuou o presidente.

    Dando continuidade aos trabalhos a Fundação Wall Ferraz já está com as inscrições abertas para os cursos do segundo semestre. “O nosso compromisso é melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e por isso trabalhamos de forma organizada. Estamos com a agenda de cursos definida em parceria com a FUNACI e o centro comunitário da região, Centro Comunitário de Aprendizagem Carlo Novarese (CCACN)”, explica.

    Os cursos, disponibilizados através do projeto “profissionalizar para inserir”, são: eletricidade predial, mecânica de motos, mecânica de automóveis, montagem e manutenção de rede de computadores, lanternagem e pintura de automóveis e refrigeração e climatização. As aulas começam no início de agosto. Para mais informações 3215 7100.

    Mais na Web