Piauí

Homem morre no chão da UPA do Promorar por falta de leito

Segundo a FMS, o paciente chegou em estado grave nos braços de um familiar e, uma equipe de plantão realizou todos os procedimentos de reanimação cardíaca.
19/03/2021 07h50 - atualizado

Um homem morreu no chão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Promorar, na zona Sul de Teresina, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, na tarde dessa quinta-feira (18).

A informação foi confirmada por meio de uma nota divulgada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Segundo a FMS, o homem, não identificado, chegou a UPA nos braços de um familiar e foi encaminhado para a sala vermelha, onde foi recebido por uma equipe de plantão que iniciou imediatamente o processo de reanimação enquanto era providenciada uma maca, pois não haviam mais leitos na unidade.

Devido ao grave estado do paciente, os médicos não podiam interromper o processo de ressuscitação cardíaca para mudá-lo de local. Por conta disso, o homem morreu no chão da unidade.

Ainda de acordo com a nota, foram usados todos os recursos possíveis para a reanimação do paciente, mas ele já havia chegado a UPA em estado muito grave.

Confira a nota na íntegra:

A UPA do Promorar informa que o paciente em questão foi trazido para a sala vermelha nos braços por um familiar já em estado grave de parada cardiorrespiratória, e foi recebido por uma equipe de plantão que iniciou imediatamente o processo de reanimação enquanto era providenciada uma maca, pois todos os leitos da sala estavam ocupados inclusive leitos extras. Devido à gravidade da situação não era possível interromper o processo de ressuscitação cardíaca para muda-lo de local. Foram usados todos os recursos possíveis para reanimação do paciente, no entanto ele já chegou à unidade em estado muito grave e veio a óbito.

Mais na Web