Piauí

Íris Moreira diz que empresa “fantasma” reformou Câmara de Valença

Segundo a vereadora, tal contratação teria beneficiado um vereador do município.
17/02/2019 08h00

A vereadora Íris Moreira (Progressistas) pronunciou-se nesta semana na tribuna da Câmara Municipal de Valença relatando uma denúncia que considera gravíssima. Ela disse que recebeu relatos de que a Casa teria sido reformada por uma empresa “fantasma”.

  • Foto: Reprodução/FacebookVereadora Íris Moreira, de Valença do Piauí.Vereadora Íris Moreira, de Valença do Piauí.

A empresa em questão chama-se M S de Sá Freire, localizada no bloco 10, apartamento 102, Quadra 1, do Conjunto João Emílio Falcão, no bairro Cristo Rei, na zona Sul de Teresina. A vereadora relata que ela mesma foi ao local e constatou que o apartamento citado encontra-se fechado, sem funcionamento.

Segundo denúncia feita à parlamentar, um integrante da empresa é ligado a um vereador de Valença. Tal contratação também teria sido usada como “moeda de troca para a presidência da Câmara”, atualmente representada pelo vereador Nonatin Soares (PSDB).

Íris Moreira afirmou que iria levar o caso para a Receita Federal e Polícia Federal, pois é “defensora do povo”, e considera a gravidade da situação. “Eu não quero acreditar que essa Casa tenha cometido esse crime”, diz.

O Viagora entrou em contato com a empresa, mas os representantes não estavam presentes. Fomos informados que eles somente poderiam atender em horário comercial. O vereador Nonatin Soares não atendeu as nossas ligações. O espaço está aberto a esclarecimento de ambas as partes.

Mais na Web