Piauí

Justiça determina aumento do efetivo da PM na Comarca de Porto

O juiz da Vara Única de Porto atendendo à solicitação do Ministério Público, decidiu pelo acréscimo de 10 policiais militares no efetivo de cada uma das três cidades da Comarca de Porto.
20/04/2021 07h54 - atualizado

Na última quinta-feira (15), o Ministério Público do Piauí (MP-PI), por meio da Promotoria de Justiça de Porto, obteve sentença favorável para que o estado aumente o número de policiais militares nas cidades da Comarca de Porto, na qual fazem parte, os municípios de Nossa Senhora dos Remédios e Campo Largo do Piauí.

O juiz da Vara Única de Porto atendendo à solicitação do Ministério Público, determinou o acréscimo de 10 policiais militares no efetivo de cada uma das três cidades da Comarca. Conforme a determinação, diariamente os municípios devem contar com mais 10 integrantes da Polícia Militar.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraEntrega das novas viaturas da Polícia MilitarViaturas da Polícia Militar

O órgão ministerial atendido pelo representante do Poder Judiciário consistiu na determinação para que sejam fornecidas as condições essenciais ao exercício das funções dos militares, como a disponibilização de veículos, combustível e armamento.

A ação civil pública que gerou a decisão da semana passada foi impetrada pela promotora de Justiça, Áurea Madruga.

A integrante do Ministério Público explica que a intenção com a demanda judicial visa, tão somente, assegurar o direito constitucional a população de Porto, Campo Largo do Piauí e Nossa Senhora dos Remédios à segurança pública, notadamente com um número mínimo de policiais militares.

Mais na Web