Polícia

Lázaro Barbosa é morto durante troca de tiros com a polícia

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, havia feito anúncio da prisão de Lázaro em suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (28).
28/06/2021 10h15 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (28), Lázaro Barbosa, de 32 anos, acusado de diversos crimes, entre eles o assassinato de uma família no Distrito Federal foi morto durante confronto com forças policiais em Goiás.

Mais cedo, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, havia feito anúncio da prisão de Lázaro em suas redes sociais. Instantes depois, agentes que trabalham na captura informaram que ele estaria morto.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilLázaro Barbosa.Lázaro Barbosa.

O suspeito estava foragido há 20 dias, período em que invadiu várias propriedades rurais fez reféns. Pessoas ligadas a Lázaro chegaram a fazer contato com um advogado criminalista para negociar sua rendição.

As buscas por Lázaro iniciaras no dia 09 deste mês, quando a polícia começou a investigar um triplo homicídio em Ceilândia. No dia 26 de abril, ele havia estuprada uma mulher, caso que segue sendo investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

De acordo com a Força-Tarefa, durante toda a perseguição, Lázaro invadiu cerca de 11 fazendas, trocou tiros e baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB).

Mais na Web