Geral

Mãe do menino Henry é isolada com Covid em hospital penitenciário

Monique Medeiros foi diagnosticada após apresentar sintomas da doença e realizar exames que comprovaram a infecção por coronavírus.
20/04/2021 12h25 - atualizado

A mãe de Henry Borel, que morreu no último dia 8 de março, Monique Medeiros, foi diagnosticada com Covid-19 nessa segunda-feira (19).

Monique está presa desde o dia 8 de abril, suspeita de envolvimento na morte do próprio filho. A professora foi levada para o Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho.

  • Foto: Divulgação/redes sociaisMonique Medeiros e Henry Borel.Monique Medeiros e Henry Borel.

Segundo informações, a mãe do menino Henry foi diagnosticada após sintomas da doença e realizar exames que confirmaram a infecção por coronavírus. Monique ficará em isolamento no hospital, que não divulgou detalhes sobre seu estado de saúde.

Entenda o caso:

A professora e o namorado, o médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho (sem partido), foram presos na quinta-feira (8) após terem a prisão temporária de 30 dias decretada.

De acordo com a polícia, os dois teriam tentado atrapalhar as investigações da morte da criança. Os investigadores da 16ª DP (Barra da Tijuca) afirmam ainda que o garoto foi assassinado.

O delegado-chefe do Departamento de Polícia da Capital, Antenor Lopes, a Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou que já tem provas suficientes para concluir o inquérito da morte do menino.

Henry deu entrada na emergência do Hospital Barra D’Or, no dia 8 de março, levado por Monique e Jairinho. Segundo os médicos que o atenderam o menino, ele já chegou morto à unidade.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web