Piauí

Mão Santa nomeia filha para chefiar três secretarias em Parnaíba

Além da filha, o prefeito de Parnaíba nomeou a primeira-dama, Adalgisa Moraes Souza, para comandar duas pastas do município.
05/01/2021 09h05 - atualizado

Na manhã dessa segunda-feira, 4 de janeiro, o prefeito reeleito de Parnaíba, Mão Santa (DEM), realizou a nomeação de parte de seu secretariado. Dentre os nomes anunciados, está Maria das Graças Moraes Souza, filha do prefeito, nomeada para comandar três secretarias, e a primeira-dama, Adalgisa Moraes Souza, nomeada para duas pastas.

Maria das Graças, conhecida como Gracinha, vai comandar a Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Regularização Fundiária e a Secretaria de Serviços Urbanos, além de estar à frente da Empresa Parnaíba de Serviços (EMPA). De acordo com informações divulgadas pela assessoria de comunicação da prefeitura, duas das funções serão ocupadas por Gracinha interinamente.

Adalgisa vai acumular os cargos de chefia da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e da Secretaria de Trabalho e Defesa do Consumidor, sendo que a última será ocupada de forma interina.

Confira a lista de secretários já nomeados pelo prefeito de Parnaíba:

Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Regularização Fundiária; Secretaria de Serviços Urbanos e Defesa Civil; EMPA – Gracinha Moraes Souza;

Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e Secretaria de Trabalho de Defesa do Consumidor - Adalgisa Moraes Souza;

Secretaria de Fazenda – Gil Borges dos Santos;

Procuradoria Geral da Fazenda – Emerson Raminho de Moura Barbosa;

Secretaria de Gestão – Carlos Alberto Teles de Souza;

Diretoria Geral da Escola Parnaibana de Administração Pública – Marcus Vinícius do Carmo Ferreira;

Superintendência de Planejamento – Anísio Almeida Neves Neto;

Central de Licitações e Contratos – Zulmira do Espírito Santo Correia;

Projetos Especiais e Desenvolvimento Econômico; Superintendência de Turismo – Edrivandro Gomes Barros;

Transportes, Trânsito e Articulação com as Forças de Segurança – Maurício Pinheiro Machado Júnior.

Mais na Web