Geral

MEC libera R$ 82,3 milhões para investimentos no ensino integral

Segundo ministério, esses recursos vão gerar mais de 40 mil vagas em 412 escolas públicas do país. É possível consultar a lista pela internet.
  • DA REDAÇÃO
06/02/2020 13h10 - atualizado

O MEC (Ministério da Educação) anunciou um investimento de R$ 82,3 milhões no ensino médio em tempo integral. Esses recursos fazem parte do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI).

Com os recursos, as escolas selecionadas poderão gerar até 41.130 novas vagas para o ensino médio em tempo integral. São 412 escolas públicas em 26 unidades da Federação. As vagas são destinadas para matrículas do ano letivo de 2020.

No site do Ministério é possível consultar a lista de escolas contempladas e de acordo com o MEC, as escolas selecionadas seguiram os seguintes critérios:

• mínimo de quarenta matrículas na primeira série do ensino médio;

• alta vulnerabilidade socioeconômica em relação à respectiva rede de ensino;
• existência de pelo menos três dos seis itens de infraestrutura exigidos;
• escolas de ensino médio em que mais de 50% dos alunos tenha menos de 35 horas semanais de carga horária;
• não ser participante do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

Um dos objetivos do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) é diminuir evasão escolar e repetência. 

*Publicado originalmente pelo R7.

Mais na Web