Piauí

Motoristas de ônibus paralisam atividades na zona Sudeste de Teresina

A classe relata que alguns trabalhadores chegam a receber, no mês, R$ 127, e pedem a doações de alimentos para que possam montar a cestas básicas para essas famílias.
31/05/2021 08h44 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (31), motoristas e cobradores dos ônibus que circulam na zona Sudeste de Teresina decidiram paralisar as atividades, devido aos salários atrasados.

A classe relata que alguns trabalhadores chegam a receber, no mês, R$ 127, e pedem a doações de alimentos para que possam montar a cestas básicas para essas famílias.

Conforme os trabalhadores, os pontos de arrecadação de alimentos serão montados pela cidade, um deles é na praça dos Correios, no bairro Dirceu Arcoverde.

Por meio de nota o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), explica que está tendo dificuldades no setor, devido a queda na arrecadação de recursos e baixa demanda de passageiros, e que para evitar um colapso no setor, só dependerá dos repasses da Prefeitura.

 Confira a nota na íntegra

“O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) esclarece que tem enfrentado problemas no setor, como a queda na arrecadação de recursos e redução de passageiros transportados. As dificuldades no sistema atualmente estão aumentando e diante disso, a entidade ressalta que tem buscado o diálogo e alternativas para solucionar a crise do sistema de transporte público da cidade.

O Setut informa ainda que depende de repasses financeiros, vigentes em contrato, da Prefeitura de Teresina, para evitar um colapso no setor. Em 2021, a atual gestão municipal não realizou nenhum repasse ao sistema de transporte público”.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web