Polícia

Mulher morre eletrocutada em frente ao HGV no Centro de Teresina

A polícia informou que populares disseram que outras pessoas já haviam sofrido descarga elétrica, no mesmo local.
  • VIVIANE ROCHA
30/11/2020 16h49 - atualizado

Uma mulher, de 35 anos, morreu eletrocutada, na manhã desta segunda-feira (30), próximo a um dos trailers na Avenida Frei Serafim, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, no Centro de Teresina.

De acordo com a Polícia Militar do Piauí (PM), a vítima foi identificada como Maria Lucélia Amarante da Silva. E que o perito confirmou que foi choque elétrico. A informação passada por ele, foi que, havia sido realizado um aterramento mal feito, onde ela pisou em cima e sofreu a descarga elétrica.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, para realizar os atendimentos iniciais, porém, ao chegar no local, não havia mais nada a ser feito.

Ainda segundo a polícia, populares disseram que outras pessoas já haviam sofrido descarga elétrica, no mesmo local. O Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) removeu o corpo da vítima.

Mais na Web