Polícia

"Nayrinha mentiu deslavadamente", declara com convicção delegado José Edilson da Polícia Federal

A PF apurou que Nayra Veloso, amiga de Fernanda, namorou um traficante conhecido em Teresina e que havia sido morto.
    21/09/2012 09h40

    O delgado José Edilson Freitas disse durante a entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (20), que tem convicção de que Nayra Veloso “mentiu deslavadamente” durante seu depoimento à Polícia Federal.

    Para Freitas, Nayrinha mentiu ao afirmar que não esteve com Fernanda Lages e outro rapaz por volta das 3h da madrugada do dia 25 de agosto de 2011 nas obras do Ministério Público Federal. Segundo as investigações, os três consumiram drogas em baixo de mangueira doMPF neste dia.

    “Na narrativa das pessoas elas colocavam um homem, Nayra e Fernanda. Sete meses depois dando mais atenção voltamos e embaixo do pé de manga, que funcionou como guarda-chuvas e encontramos depois de 4 horas olhando o chão um fragmento do sapato de Fernanda. Aquele local não era inédito. Isso nos serviu para dizer que ela conhecia o local”, relatou o delegado.

    Ao questionado por que Nayra Veloso, mesmo tendo sido presa em março desse ano, não foi indiciada por falso testemunho, o delegado José Edilson Freitas explicou que Nayrinha foi ouvida como suspeita e não como testemunha.

    A PF apurou que Nayra Veloso, amiga de Fernanda, namorou um traficante conhecido em Teresina e que havia sido morto. O costume era ir ao local fazer rápido consumo de droga e voltar para a boate ou bar.

    Segundo o delegado, o relacionamento com o traficante foi relatado pela própria Nayra. E, no dia da morte, Nayra esteve duas vezes no prédio do MPF com Fernanda. Além disso, no dia anterior à morte, as duas estiveram por muitas horas juntas.

    Mais conteúdo sobre:

    Mais na Web