Polícia

Operação Tertium cumpre mandados contra servidores da Prefeitura de Teresina

Segundo a Polícia Civil, o objetivo da ação é cumprir doze mandados de busca e apreensão, cujos alvos principais são organizações privadas que receberam recursos públicos do Município de Teresina.
22/12/2020 07h37 - atualizado

Na manhã desta terça-feira (22), a Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) deflagrou a Operação Tertium com o objetivo de cumprir doze mandados de busca e apreensão, cujos alvos principais são organizações privadas que receberam recursos públicos do Município de Teresina. Existem indícios de que alguns projetos não eram executados. 

Segundo a polícia, na investigação, foi verificado que apenas uma das organizações alvo dessa diligência recebeu da Prefeitura de Teresina mais de R$ 1 milhão de somente entre os anos de 2018 a 2020, sem dispor de qualquer capacidade técnica ou operacional.  

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilOperação em TeresinaOperação em Teresina

Conforme a polícia, existem indícios de que alguns servidores de órgãos do município facilitaram a liberação desses valores e ainda se beneficiaram com parte dos repasses. 

São alvos dos mandados de busca as residências de servidores públicos, empresários, algumas organizações da sociedade civil (OSCs) e outros particulares que integram a associação criminosa revelada. 

A polícia informou que a investigação contou com o apoio da Diretoria de Inteligência (DINT), e nesta fase executam o trabalho policiais da Deccor, Depre, Gerência de Polícia Especializada, Greco, Delegacia de Homicídios e Auditores do TCE-PI. 

 O nome da operação guarda relação com o denominado “terceiro setor”, o qual é formado por organizações privadas que executam atividades a partir de parcerias e ajustes firmados com o poder público.

Mais na Web