Polícia

Policial Militar mata esposa a tiros dentro de casa

O soldado Daniel Piauí efetuou dois disparos de arma de fogo contra a mulher e em seguida tirou a própria vida.
  • DA REDAÇÃO
10/01/2020 08h40 - atualizado

Na manhã de quinta-feira (9), um policial militar matou a esposa a tiros e em seguida tirou a própria vida na cidade de Osasco, na Grande São Paulo.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Suelma Sousa de 32 anos foi atingida por dois disparos durante uma discussão do casal que iniciou ainda na madrugada. A Polícia Militar afirmou que a arma usada no crime pertence à corporação.

  • Foto: DivulgaçãoSuelma Sousa, 32 anos.Suelma Sousa, 32 anos.

A vítima teria descoberto uma traição cometida pelo policial militar identificado por Daniel Piauí, que entrou recentemente na corporação da Polícia Militar. Vizinhos relataram ter escutado os dois discutindo, mas que não perceberam o momento em que o crime ocorreu.

Suelma tinha um filho que não estava em casa no momento do crime. Após atirar na esposa, Daniel efetuou um disparo em si mesmo e os dois morreram no local.

Mais na Web