Polícia

Preso suspeito de liderar quadrilha de estelionatários em Teresina

De acordo com a Polícia Civil, o mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juízo da Central de Inquérito da Comarca de Teresina.
20/08/2021 13h31 - atualizado

Nessa quinta-feira (19), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), prendeu um homem identificado como Antônio, conhecido como “Netto Bacelar” suspeito de ser líder da quadrilha que aplica o “Golpe do Boleto – Bolware”, na cidade de Pio XII, no Maranhão.

De acordo com a polícia, o mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juízo da Central de Inquérito da Comarca de Teresina depois do pedido da DRCI que abriu inquérito policial no dia 6 de agosto, após prisão em flagrante de um empresário  dentro de uma agência bancária em Teresina suspeito de associação criminosa e estelionato na modalidade “Golpe do Boleto – Bolware”.

Segundo o delegado Anchieta Nery, titular da DRCI, o investigado preso residia em um condomínio de luxo na zona Leste da capital, porém havia saído da cidade pouco antes da sua prisão. Ele já responde a mais de cinco processos criminais na comarca de Teresina. Novas investigações serão iniciadas para identificar demais envolvidos

A Polícia Civil reforça o alerta à população em geral para sempre verificar a conta de destino antes de efetivar o pagamento de boletos bancários, bem como ficar cada vez mais atenta com suas atividades no ambiente virtual. Pois se tem observado uma crescente expansão da criminalidade no cyberespaço, com a migração de criminosos contumazes na prática de crimes violentos (tráfico, roubo, sequestro etc.) que redirecionam suas atividades ilícitas para os delitos virtuais (crimes cibernéticos), onde inclusive o potencial lesivo dos crimes financeiros pode ser maior.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web