Piauí

Seduc implementará monitoramento eletrônico nas escolas do Piauí

Conforme a Seduc, para a integração entre os sistemas de vigilâncias e monitoramento, inicialmente, está prevista a implementação em 150 escolas de alguns munícipios.
21/10/2021 09h53 - atualizado

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a Polícia Militar do Piauí firmaram uma pareceria com o objetivo de diminuir os índices de criminalidade e coibir violência nas escolas da rede pública estadual na manhã dessa quarta-feira (20).

Durante a reunião, os membros dos dois órgãos analisaram a implementação de um sistema de monitoramento eletrônico nas escolas.

‘’A nossa visita objetiva estreitar as relações junto à Polícia Militar e apresentar o projeto em desenvolvimento na Seduc, que compreende o monitoramento por vigilância eletrônica, além de proporcionar o aumento da segurança patrimonial e das pessoas que trabalham na rede’’, explica Herbert Buenos- Aires, superintendente de Gestão da Seduc.

Conforme o Comandante-Geral, Lindomar Castilho, as estruturas poderão ser interligadas junto a Companhia Independente de Pelotão Escolar (Cipe), no intuito de ampliar o patrulhamento digital e buscando o efetivo acionamento dos militares em situações diversas.

De acordo com a secretaria, para a integração entre os sistemas de vigilâncias e monitoramento, inicialmente, está prevista a implementação em 150 escolas nos munícipios de Teresina, Parnaíba, Picos, Bom Jesus e União.

O encontro foi realizado no Centro de Monitoramento Eletrônico da Polícia Militar do Piauí com a presença do Superintendente Hebert Buenos-Aires, do diretor da Unidade Administrativa da Secretaria de Estado da Educação, Tarso Rocha, além do comandante Lindomar Castilho.

Mais na Web