Polícia

Suspeitos de matar mãe e filha no Pará são presos no Piauí

A Polícia Civil deu cumprimento a mandados de prisão em Teresina e Picos contra suspeitos de participação do duplo homicídio.
25/06/2021 14h11 - atualizado

Nesta sexta-feira (25), a Polícia Civil do Pará deu cumprimento a mandados de prisão em Teresina e Picos contra suspeitos de participação de um duplo homicídio ocorrido no mês de novembro de 2020 em Marabá (PA).

Conforme a Polícia Civil do Pará, os três presos com mandado de prisão expedidos, são investigados pelo duplo homicídio qualificado, cometido contra Vanuza da Silva Barbosa e Jacsiane Barbosa de Moura, mãe e filha, no mês de novembro de 2020, na Chácara Vila Rica, localizada na Vicinal do Medalhão, na zona rural de Marabá.

De acordo com a polícia, os suspeitos foram presos durante a operação “Vila Rica”. Foram cumpridos três mandados de prisão preventiva, busca e apreensão e outras três pessoas foram autuadas em flagrantes por posse ilegal de arma de fogo. 

Ainda segundo a polícia, a operação, desencadeada no Pará, prendeu seis pessoas em seis cidades diferentes, sendo quatro delas do estado paraense: Marabá, Mãe do Rio, Santa Isabel e Castanhal, além das duas cidades piauienses. 

Na ação foram apreendidos; quatro armas de fogo, aparelhos celulares e documentos, os quais serão analisados e periciados. Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Teresina deram apoio à Polícia Civil do Pará na prisão na capital piauiense. 

O crime

Na noite do dia 29 de novembro de 2020, a ex-secretária municipal de Turismo de Marabá, Vanuza da Silva Barbosa, de 41 anos e Jacsiane Barbosa de Moura, de 25 anos, foram mortas por disparos de arma de fogo, enquanto estavam na chácara, que funciona como um bar e conveniência. Vanuza foi atingida na cabeça e Jacsiane na região do tórax.

Mais na Web