Piauí

TRE vai julgar ação que pede a inelegibilidade de Iracema Portela

O processo foi incluído na pauta de julgamento da sessão plenária desta terça-feira (07) e tem como relator o desembargador Edvaldo Pereira Moura.
  • RAYANE TRAJANO
06/03/2017 20h32 - atualizado

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí vai julgar nesta terça-feira (07) a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) contra a deputada federal Iracema Portela (PP). O processo foi incluído na pauta de julgamento da sessão plenária e tem como relator o desembargador Edvaldo Pereira Moura.

  • Foto: Facebook/Iracema PortellaIracema PortellaIracema Portella

A ação de autoria do Ministério Público Eleitoral relata abuso de poder econômico e irregularidades na prestação de contas da campanha eleitoral de 2014. A ação pede a desaprovação das contas, a cassação de diploma e do registro e a declaração de inelegibilidade da deputada.

Em 2014 o juiz José Vidal de Freitas Filho desaprovou as contas da deputada e estabeleceu multa no valor de R$ 73.978,71 (setenta e três mil novecentos e setenta e oito reais e setenta e um centavos). Em 2016, o desembargador Joaquim Dias de Santana Filho autorizou o parcelamento da multa em 30 prestações.

Outro lado

O Viagora tentou contato com a assessoria da deputada, sem sucesso. 

Mais na Web