Viagora

Ambulantes temem ficar sem trabalho após duplicação da BR 316

Com a duplicação da BR, os trabalhadores se sentem ameaçados e alegam não ter para onde ir.

Comerciantes que atuam no entorno do Terminal Alternativo da zona Sul, mais conhecido como Rodoviária dos Pobres, localizada na BR 316, temem não ter onde trabalhar devido ao avanço das obras de duplicação da BR, realizada pelo Governo Federal.

  • Foto: DivulgaçãoTerminal Alternativo da zona Sul, mais conhecido como Rodoviária dos Pobres.Terminal Alternativo da zona Sul, mais conhecido como Rodoviária dos Pobres.

No local, trabalham atualmente vendedores ambulantes, mototaxistas, carregadores, barraqueiros, que sobrevivem da renda retirada das atividades que praticam na rodoviária. Com a duplicação, os trabalhadores se encontram aflitos por não terem outro lugar para ficar e continuar exercendo as atividades.

“São cerca de 200 pessoas que tiram seu sustento dessa rodoviária. São cerca de 20 barraqueiros que já estão ali há pelo menos 15 anos, que precisam de uma garantia de renda. Entendo a importância da duplicação da rodovia, mas as pessoas não podem ficar sem trabalhar”, destacou a vereadora Graça Amorim (PMB).

De acordo com a vereadora, o problema já se estende há 5 anos e nenhuma providência foi tomada a respeito da disponibilização de um novo local. Uma nova audiência será realizada na Câmara Municipal de Teresina para discutir a questão. A primeira audiência foi realizada em 2013.

Facebook
Indicado para você
Veja também