Viagora

Vereadores de Teresina discutem criação da "Patrulha Maria da Penha"

A Patrulha deverá ser formada por guardas municipais capacitados que prestarão apoio e fiscalização do cumprimento das medidas protetivas.

Uma audiência pública realizada ontem (07) no Plenário da Câmara Municipal de Teresina discutiu sobre a criação da "Patrulha Maria da Penha". O objetivo é dar assistência e fazer o monitoramento às mulheres vítimas de agressão, no sentido de garantir o cumprimento de medidas protetivas.

A reunião proposta pelo vereador Enzo Samuel (PCdoB), reuniu órgãos públicos do estado e do município e entidades do movimento social.

  • Foto: DivulgaçãoVereador Enzo Samuel.Vereador Enzo Samuel.

De acordo com Enzo Samuel, a ideia desse projeto também foi fruto de uma demanda apresentada pela União Brasileira de Mulheres-PI, na pessoa da presidente Tatiane Seixas, para implementar mais uma política na forma de combate à violência contra a mulher.

“Além de trabalhar na prevenção da violência, a Patrulha visa acabar ou diminuir as reincidências das agressões, dando mais segurança à mulher para ter coragem de realizar as denúncias”, disse.

A Patrulha Maria da Penha já é realidade nas capitais de Curitiba e em alguns estados como o Pernambuco, Minas Gerais e o Pará. Ela deverá ser formada por guardas municipais capacitados que prestarão apoio e fiscalização do cumprimento das medidas protetivas. O autor de violência doméstica também será notificado e monitorado pela guarda, como forma de inibir novas agressões.

Os/as guardas serão capacitados e treinados para lidarem com as mulheres em casos de violência doméstica, para que orientem as mulheres sobre seus direitos, de forma mais efetiva, célere, humanizada e qualificada.

Facebook
Indicado para você
Veja também