Viagora

Parnaíba registra quatro assassinatos em menos de 12 horas

De acordo com informações da Polícia Militar, os crimes foram registrados entre a noite dessa sexta-feira (25) e a madrugada deste sábado (26).

Entre a noite dessa sexta-feira (26) e a madrugada deste sábado (27), em aproximadamente menos de 12 horas, a cidade de Parnaíba registrou quatro assassinatos.

De acordo com informações da Polícia Militar repassadas ao Viagora, a primeira vítima foi um jovem identificado como Eric  de 16 anos que foi baleado na cabeça por três criminosos, por volta de 16h30, chegou a receber socorro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, por volta de 21h20min, nessa sexta-feira (26) no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda).

Ainda segundo a PM, um carro modelo Argo foi localizado abandonado em uma estrada de terra que dá acesso ao Residencial Dunas de Terra, após pericia no veículo foi apreendido duas cápsulas. 40 e duas armas 9MM, além de porções de maconha.

Conforme a PM, no dia do crime a vítima estava acompanhada de outro jovem, de 23 anos, que também foi baleado nas costas, mas não foi a óbito. O jovem recebeu atendimento médico, mas não há informações posteriores sobre seu quadro clínico. Os policiais informaram que os suspeitos empreenderam fuga e ainda não foram localizados.

Na mesma noite de sexta, por volta das 23h, um homem, não identificado, foi morto com vários tiros em uma estrada localizada no povoado Racharia, na zona rural de Parnaíba.

As testemunhas do crime ouviram o barulho dos disparos de arma de fogo após avistarem um carro que parou no local. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para fazer a remoção do corpo.

Já na madrugada deste sábado (27), uma mulher, não identificada, também foi morta na região da Lagoa do Portinho por volta das 02h:30.

Ainda nesse sábado, por volta de 05h:50, um homem, também não identificado, foi morto a tiros na BR-402, localizado no povoado Boa Esperança. Conforme a PM, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL), de Parnaíba.

Facebook
Indicado para você
Veja também