Viagora

Gessy Fonseca descarta possibilidade de sair do PSC

A presidente estadual do partido diz que se sente muito bem e que ingressou no PSC com o objetivo de contribuir para o crescimento da sigla.

A secretária Municipal de Economia Solidária e possível pré-candidata ao Governo do Piauí, Gessy Fonseca, afirmou em entrevista ao Viagora que não sairá do PSC.

A presidente estadual do partido diz que se sente muito bem e que ingressou no PSC com o objetivo de contribuir para o crescimento da sigla.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraGessy FonsecaGessy Fonseca

“Nesse momento não há nenhuma possibilidade. Eu estou muito bem no PSC, é um partido que me recebeu de braços abertos e eu tenho total apoio e um relacionamento muito bom com todos os membros da executiva nacional. Eu vim para o PSC com o objetivo não de alugar o partido para uma eleição, mas realmente para contribuir com o crescimento do partido, de colocar cada tijolinho, porque infelizmente o PSC não teve desempenho que ele tinha potencial para ter, mas não teve por N fatores”, declarou.

Questionada sobre a possibilidade de se candidatar a outro cargo, caso não seja para governadora, Gessy não descarta, mas afirma que a probabilidade de ser majoritária é maior. “A gente nunca diz nunca, mas a possibilidade de ser majoritária é bem maior”, afirmou.

Organização do PSC para 2022

De acordo com Gessy, assim que assumiu a presidência, o PSC apresentava alguns problemas jurídicos e burocráticos, mas que já está agilizando a organização da sigla para que em 2022 esteja tudo certo.

“Nós estamos, eu assumi a presidência a pouco tempo há quatro meses, então a gente pegou o partido com alguns problemas e a gente está agilizando para que a gente chegue em 2022 com tudo certinho, temos problemas jurídicos, burocráticos e estamos com uma executiva que ela é formada de empresários”, disse.

Conforme a possível pré-candidata, a sigla busca eleger dois deputados estaduais e um federal em 2022. “A gente tem a expectativa de fazer dois estaduais e um federal”, afirmou.

Ainda segundo Gessy, o partido está se estruturando com base e também como família, filiando pessoas que simpatizam e que se identificam com as ideologias do PSC.

“A gente está se estruturando também como base. Eu quero que PSC seja uma família, como as pessoas são novas e estão chegando agora, a gente está fazendo esse alicerce, trazendo os filiados para perto, filiando novas pessoas que simpatizem, que se identificam com as ideologias do partido e a gente está tendo um desempenho muito bom”, pontuou.

Gessy também destaca que o partido está tendo uma adesão muito boa com novos filiados e ressalta que o grupo atrai principalmente jovens.

“Uma adesão muito boa com novos filiados e o PSC é um partido leve que realmente atrai principalmente os jovens, é um partido de direta, mas é um partido de direta que é equilibrado que não compactua com extremismo, com desrespeito, com brigas ideológicas, mas que realmente está focado em fazer uma política virtuosa”, destacou.

Facebook
Indicado para você
Veja também