Viagora

Ação 16 Dias de Ativismo acontece na Estação do Metrô de Teresina

A ação é promovida pela Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM), junto a Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP).

Nesta quinta-feira (02), será realizada a campanha dos “16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a violência contra a mulher. A mobilização ocorre das 08h às 13h na estação de metrô localizada na Frei Serafim, Avenida Miguel Rosa, em Teresina.

A ação é promovida pela Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM), junto a Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP).

  • Foto: Divulgação/AscomEstação de metrô localizada na Frei Serafim.Estação de metrô localizada na Frei Serafim.

Conforme a CEPM, durante a campanha também será realizada testagem para covid-19 através da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi).

Segundo o órgão, a mobilização é mundial e acontece em pelo menos 160 países, no Brasil a ação é realizada desde 2003.

A Diretora-Presidente da CMTP, Josiene Campelo, afirma que a mobilização é necessária para conscientização sobre a violência contra a mulher que tem registrado aumento.

“Acredito que toda a sociedade deve se mobilizar nessa causa, homens e mulheres. Todos os dias vemos os números de violência contra a mulher subirem e agir e mobilizar a população é necessário. Em enquanto mulher e gestora estou engajada na luta por uma sociedade mais justa e igualitária”, explica a diretora.

Lidiane César, Diretora de Articulação Interinstitucional e Ações Temáticas da CEPM, ressaltou que é importante dar visibilidade a luta e que a temática é um dos desafios na área de políticas públicas e direitos humanos.

“É extremamente necessário dar visibilidade a essa ação dentro das ações dos “16 dias de Ativismo”, já que o índice de violência contra a mulher é alarmante na nossa sociedade e um dos grandes desafios na área de políticas públicas e direitos humanos”, afirma a diretora

A campanha 16 Dias de Ativismo começou em 1991 quando um grupo de mulheres de diferentes países se reuniu pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), e iniciaram uma ação que visa o debate e a denuncia das várias formas de violências que as mulheres enfrentam no mundo.

Facebook
Indicado para você
Veja também