Viagora

Bebê morre após ser atacado por porcos na cidade de Palmeirais

Conforme a maternidade Evangelina Rosa, a bebê recém nascida deu entrada na Unidade Hopitalar, vinda do Hospiital Estadual Aristides Saraiva de Almeida.

Nessa segunda-feira (20), a Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) emitiu uma nota confirmando a morte de um bebê que teria sido abandonado pela mãe dentro de uma mata no povoado Vista Alegre, na cidade de Palmeirais.

Conforme a maternidade, a bebê recém nascida deu entrada na Unidade Hospitalar, vinda do Hospital Estadual Aristides Saraiva de Almeida, município de Palmeirais. No pedido de regulação , para que a criança fosse transferida para a MDER, constavam as inforaçõs que a Rn havia: “nascido em parto externo (no mato), idade gestacional entre sete e oito meses, pesando 2kg,353g, provável vítima de maus-tratos, punho esquerdo fraturado, ferimento cortante na mão direita, escoriações nos memros inferiores e ferimentos nas duas nádegas”.

Ainda segundo a nota da maternidade, a bebê encontrava-se “chorosa, gemendo, cianótica (Cor azulada ou acinzentada da pele, das unhas, dos lábios ou ao redor dos olhos). Rececebeu aporte de dois cateteres nasal, três litros por minuto com melhora da cianose”. Ao dar entrada na Evangelina Rosa, no entanto, já estava sem vida".

A maternidade informou que o médico de plantão acionou a policia por haver indícios de infanticídio.

Confira abaixo a nota da maternidade Dona Evangelina Rosa na íntegra sobre o caso:

A Assessoria de Comunicação da Maternidade dona Evangelina Rosa ( MDER) confirma a morte de um bebê do sexo feminino, ocorrida ontem (19). A RN deu entrada na Unidade Hopitalar, vinda do Hospiital Estadual Aristides Saraiva de Almeirda, muncípio de Palmeirais. No pedido de regulação , para que a criança fosse transferida para a MDER, constavam as inforaçõs que a Rn havia: “nascido em parto externo (no mato), idade gestacional entre sete e oito meses, pesando 2kg,353g, provável vítima de maus-tratos, punho esquerdo fraturado, ferimento cortante na mão direita, escoriações nos memros inferiores e ferimentos nas duas nádegas”. Ainda segundo informações do Hospital, encontrava-se “chorosa, gemendo, cianótica (Cor azulada ou acinzentada da pele, das unhas, dos lábios ou ao redor dos olhos). Rececebeu aporte de dois cateteres nasal, três litros por minuto com melhora da cianose”. Ao dar entrada na Evangelina Rosa, no entanto , já estava sem vida. O médico de plantão acionou a policia por haver indícios de infanticídio. Em nome da transparência e ética, na qual esta Casa trabalha, no que tange a Comunicação com a imprensa, é importante ressaltar que esta Assessoria recebeu a informação do caso por volta das 17h30 desta segunda-feira (20), se pronuncia à imprensa através desta nota e que em nenhum momento, antes desse horario, confirmou o fato a nenhum profissional de comunicação, nem a portal de notícia

A Polícia Civil informou que populares encontraram a criança chorando após ter sido atacada por porcos que estavam no local. A mãe foi detida ainda nessa segunda-feira.

Facebook
Indicado para você
Veja também